Bateria: o que você sabe sobre ela importa

HomeMundo Lev

Bateria: o que você sabe sobre ela importa

Cuide bem da sua bateria! Lembre-se, ela é o coração de sua bike e merece uma atenção.

O que é uma Bike Elétrica Lev?
Seu caminho mais Lev e delicioso!
A Lev Além do Design

Diferente da maioria dos veículos que circulam as ruas das grandes cidades, a bike elétrica não depende de combustíveis fósseis. Porém, para armazenar a energia elétrica, é necessário um dispositivo, que chamamos de bateria. Hoje, na Lev, nós trabalhamos com dois tipos: chumbo e lítio

As baterias possuem duas características importantes que influenciam no desempenho da bike: tempo de vida útil e autonomia. Na Lev, uma bateria possui, em média, de um ano e meio a dois anos de vida útil. E a autonomia inicial é de até 30km com a carga completa. Dizemos autonomia inicial, considerando que, ao longo do tempo, conforme for envelhecendo, a bateria perde autonomia.

Ok, mas o que é a autonomia da bateria?

 

A autonomia é a quilometragem estimada por carga. Ou seja, com uma bike Lev com a bateria nova e totalmente carregada, uma pessoa pode andar até 30km antes de acabar a bateria. Mas é importante ressaltar que esse número é apenas uma média e pode variar de acordo com alguns fatores:

  • Inclinação do trajeto. Assim como as pessoas se esforçam mais para subir, a bateria da bike elétrica também é mais exigida. Por isso, a equipe Lev indica o uso do pedal assistido nessas situações, consumindo menos a carga da bateria.
  • Superfícies desniveladas também exigem mais da bateria, quando comparadas às superfícies planas.
  • Peso total transportado. Quanto maior for o peso sobre a bike, maior será o consumo da carga.
  • Calibragem dos pneus. Manter os pneus devidamente calibrados exigirá menos da bateria.
  • Saída de repouso. Ao sair do ponto zero é exigido uma grande energia e pode ser reduzida ao iniciar a saída com a pedalada e logo depois acionar o acelerador.

Cuidado é tudo

 

A bateria pode durar além da vida útil média, mas pra isso, é importante seguir algumas recomendações e cuidados.

  1. Sempre ligue o cabo do carregador primeiro na bateria e depois na tomada para evitar curtos. Quando o cabo do carregador é ligado na tomada, a energia passa a ser transmitida por toda corrente, facilitando um curto-circuito entre os conectores.
  2. Evite a sobrecarga. A fonte do seu carregador possui uma luz que indica se a bateria está ou não totalmente carregada. A luz vermelha indica que a bateria ainda pode receber carga, enquanto a luz verde representa a carga completa. Contudo, a bateria continuará recebendo carga independente de estar com a carga completa. Essa carga desnecessário é o que chamamos de sobrecarga. Ela exige mais da sua bateria, reduzindo o tempo de vida útil e comprometendo a autonomia. Sabendo que é difícil estar atento ao momento exato em que a bateria completa sua carga, nós indicamos o uso de um timer, que pausa a alimentação da bateria de acordo com um tempo pré-determinado pelo usuário. Esse dispositivo pode ser encontrado em diversas pontos de venda, inclusive nas lojas Lev.
  3. Alimente sua bateria de vez em quando. Mesmo que você esteja um tempo sem usar a sua bike, busque carregar sua bateria ocasionalmente. Depois de muito tempo sem receber carga, a bateria pode perder voltagem a ponto de “dormir”. Uma dica pra quem for ficar mais de 15 dias sem utilizar a bike é carregá-la até que a luz da fonte fique verde.
  4. E, por último, nenhuma das nossas baterias possui efeito memória. Por isso, não é preciso esperar a bateria acabar para carregá-la novamente.

São cuidados e precauções fáceis de incluir a sua rotina na hora de utilizar a bike que podem evitar imprevistos no seu rolê e manutenções desnecessárias. Cuide bem da sua bateria! Lembre-se, ela é o coração de sua bike e merece uma atenção.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0